segunda-feira, 23 de maio de 2011

PROFISSÃO: PROFESSORA!!!

             Tempos e tempos atrás o professor era alguém muito respeitado, muito valorizado. Hoje, alguns tem vergonha de dizer que são professores, falam baixinho. A verdade é que hoje a situação do professor no Brasil é lamentável. É muito bonito sim, ver um professor fazer "milagre" sem recursos, mas não é o justo, o certo. Quanto recebe um professor? Qual é o trabalho de um professor? Quanta coisa ele deve fazer? MUITA! Não é só estar em sala de aula, é preciso planejar, preparar os materiais para aula, pesquisar, ler, se informar...
Tudo bem, quando se optou em ser professor e foi aceito um trabalho sabia-se quanto ia receber, foi uma opção! Mas nem por isso o professor não merece respeito ou não deve ser valorizado. Infelizmente há muita ignorância por parte de leigos e por parte do governo um grande descaso.

               A preocupação maior do governo é ter crianças na escola e cada vez mais aumentar o número, não interessa em quais condições. O que interessa é criança dentro da escola e professor dentro da sala, qualidade para que né?
Em meio a tanta falta respeito, desvalorização alguns fazem greve, outros não podem, e ainda criticam o professor, dizem que vão fazer abaixo assinado, falar com prefeito e sei lá quem mais.  POIS DEVE FALAR COM PREFEITO, SECRETÁRIO, COM A PRESIDENTE SIM! Para se ter qualidade e não quantidade.
      Mas os pais não tem onde deixar os filhos! Escola, CEI tem objetivo pedagógico e não o cuidar. É claro que os cuidados básicos e devidos se tem em escolas e CEI's, mas se fala, pelo menos, em qualidade, mudar termos e agora é CEI não mais creche, a professora e não a tia. Mas muitas crianças são largadas nas instituições e quando tem feriado, quando a escola fecha reclamam, acham ruim. Cada um escolhe sua profissão, não é? O professor escolheu a dele e o pai e a mãe que trabalham nos fins de semana e feriados também.

PAIS, devem pensar em seus filhos, na qualidade desde o berçário sim. Quem colocou as crianças no mundo? SIM, todos tem direito a educação, mas a responsabilidade é dos pais e por favor, pensem na qualidade da educação dos seus filhos e batalhem por isso. Pensem também no professor, como ele terá condições de educar seu filho se não há recursos e há muitas crianças em sala que o professor não tem condições de dar a atenção necessária para cada um.

GOVERNO: coloquem as mãos na consciência políticos, qual é o salário de vocês? Com que formação? Qual carga horária? Para muitos roubarem o dinheiro que seria investido em saúde, educação... Principalmente aqueles que roubam e não fazem nada para melhorar deveriam sentir vergonha! Até conseguir o cargo promete mundos e fundos e quando chega lá faz o que?

Há alguns dias foi postado um vídeo com o depoimento da professora Amanda Gurgel, que fez muitos professores sentirem orgulho da sua classe.






VAMOS VALORIZAR OS PROFESSORES!!!
E EXIGIR A QUALIDADE NA EDUCAÇÃO!!!!

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Novo membro da família

Sidd!!!


É incrível como podemos amar tanto um "bichinho". Sou apaixonada especialmente por cachorros, quando morava com minha mãe tinha 2, que são da família, a Pitty e a Picu (de Picuzinha). Duas poodles super companheiras, que sempre trouxeram muita felicidade pra casa e muita alegria pra nós. Já postei fotos delas. Meu marido e eu já vínhamos pensando há um bom tempo em ter um cachorro, mas não queríamos comprar, pois tem tantos precisando de uma família por ai. Até que apareceu nosso Brawnie, um poodle também. Ele se adaptou bem rápido. Como nosso espaço em casa é pequeno, pois moramos em apartamento, ele passa o dia na casa dos meus pais e geralmente de noite vou buscá-lo e nos fins de semana também.
Ele é muito carinhoso e já pegou umas manias das amigas!
Espero um dia poder acolher outros cães! Tenho uma vontade enorme e espero sinceramente poder realizar este objetivo.

 

Companheiros: Sidd (marron),
Picu (a menor) e a Pitty! 

Os mais lindos e amáveis! 
Ainda falta a Suri, essa é da minha irmã!


Mês que vem estarão os 4 juntinhos!!!

**************

sexta-feira, 13 de maio de 2011

MÃE!!!


Sei que o dia das mães já passou, mas como não consegui postar antes, tá valendo!!!
Em uma certa idade não entendemos os não pode, não vai, algumas punições... Algumas coisas até causavam uma certa revolta e era muito difícil aceitar, na verdade eu não aceitava mesmo. Só que o tempo passa, amadurecemos, as coisas mudam... Hoje eu entendo, aceito, só continuo manifestando minha opinião, essa é minha personalidade! Sou sincera e sempre fui de falar o que penso.
Não lembro de muitas coisas da minha infância, mas lembro que sempre que chegava do trabalho eu perguntava o que tinha trazido pra mim e ela dizia "O meu amor", acho que eu não sabia direito o que era, porque eu esperava um chocolate, uma bala... Lembro das tardes que ela dizia pra eu dormir pra deixar ela cherar minhas costas e eu não gostava de dormir de tarde, ah se eu pudesse hoje! Lembro de cantar a música carinhoso que ela tanto gostava e ela cantava também. E não esqueço de jeito nenhum de quando ela falava uma palavra e o plural dela e eu tinha que repetir, jamais esqueci o plural de pão=pães, degrau=degraus... Acho que nunca devo ter errado isso na escola!
Às vezes demora pra descobrirmos o que é o amor e pra entender o amor de mãe!
Mãe é mãe, mas como a minha é difícil achar. Que protege, ama, mas também mostra os erros dos filhos, deixa aprender, por mais que doa. Essa sim que é mãe! A MINHA MÃE! AMO SIM, E MUITO!!!


                                                                                     
                
  Cartões confeccionados pelas crianças da minha turma para o dia das mães.